What is Literature for?

What is Literature for?

SUBTITLE'S INFO:

Language: Portuguese

Type: Human

Number of phrases: 95

Number of words: 861

Number of symbols: 4111

DOWNLOAD SUBTITLES:

DOWNLOAD AUDIO AND VIDEO:

SUBTITLES:

Subtitles prepared by human
00:00
Para que serve literatura? [A Livraria] Temos uma ideia geral que esse tipo de lugar está cheio de coisas profundamente importantes, mas a literatura serve para quê, exatamente? Por que deveríamos passar nosso tempo lendo romances e poemas quando, lá fora, grandes coisas estão acontecendo? Vamos pensar um pouco sobre como a literatura nos beneficia: [1. Faz você ganhar tempo] Sim, parece que é perda de tempo, mas a literatura, no final das contas, é a melhor forma de ganhar tempo, porque nos dá acesso a uma variedade de emoções e eventos que levaria anos, décadas, milênios para poder experimentá-los diretamente. A literatura é o maior "simulador de realidade", uma máquina que o coloca em infinitas situações, mais do que você seria capaz de presenciar diretamente. Deixa você - sem perigo: isso é crucial - ver como é se divorciar. Ou matar alguém e sentir remorso. Ou abandonar o trabalho e ir para o deserto. Ou cometer um erro terrível ao governar o país. Permite a você acelerar o tempo: para ver o arco de uma vida, da infância à terceira idade.
01:02
Dá a chave do palácio, e seus incontáveis quartos, de forma que você pode avaliar a sua vida em relação à dos outros. Apresenta você a pessoas fascinantes: um general romano, uma princesa francesa do século 11, uma mãe russa de classe média embarcando num romance... Leva você através dos continentes e dos séculos. A literatura cura seu provincianismo, e, a quase nenhum custo, nos faz cidadãos do mundo. [2. Faz de você uma pessoa legal] A literatura realiza a mágica básica de mostrar como as coisas são do ponto de vista de outra pessoa. Permite-nos considerar as consequências de nossas ações nos outros de um jeito que, de outra forma, não seria possível. E nos mostra exemplos de pessoas gentis, generosas e compreensivas. A literatura normalmente se opõe ao sistema de valores dominantes, aquele que recompensa dinheiro e poder. Os escritores estão do outro lado, eles nos tornam empáticos a ideias e sentimentos que são de grande importância, mas que não conseguem espaço na televisão de um mundo cínico, comercializado, e ávido por status. [3. É uma cura para a solidão]
02:03
Somos mais estranhos do que é permitido admitir. Geralmente não podemos dizer o que de fato pensamos. Mas nos livros, encontramos descrições de quem realmente somos e de como eventos realmente ocorrem, descritos com uma honestidade que é bem diferente do que as conversas comuns permitem. Nos melhores livros, é como se o autor nos conhecesse mais do que nós mesmos. Eles encontram as palavras para descrever as experiências especiais, frágeis e estranhas de nossas vidas: a luz numa manhã de verão; a ansiedade que sentimos na reunião; a sensação do primeiro beijo; a inveja quando um amigo nos contou sobre seu novo negócio; a ânsia que sentimos no trem, olhando para o perfil de outro passageiro com quem não tivemos coragem de falar. Os escritores abrem nossas cabeças e corações, e nos dá mapas de nós mesmos para que possamos navegar por eles mais confiantemente e com menos sensação de paranoia e perseguição. Como o escritor [Ralph Waldo] Emerson observou: "Nos trabalhos de grandes escritores, encontramos nossos próprios pensamentos negligenciados." A literatura é um corretivo para a superficialidade
03:07
e compromissos da amizade. Os livros são nossos verdadeiros amigos, sempre à mão, nunca muito ocupados, nos dando relatos sem adornos de como as coisas realmente são. [4. Prepara-o para o fracasso] Toda nossa vida, um dos nossos maiores medos é falhar, vacilar, de nos tornar o que os tabloides chamam de perdedor. Todo dia, a mídia nos traz histórias de fracasso. O que é interessante é que a literatura também trata de fracasso. De uma forma ou outra, um grande número de romances, peças e poemas falam sobre pessoas que vacilaram, pessoas que dormiram com a mãe sem querer; que desapontaram o parceiro; ou que morreram após adquirir dívidas em liquidações. Se a mídia os alcançasse, faria picadinhos deles. Mas grandes livros não julgam tão duramente ou de forma tão unidimensional como a mídia. Eles despertam pena no herói e medo por nós mesmos baseado em quão perto todos nós estamos de destruir nossas próprias vidas. Mas se a literatura pode realmente fazer tudo isso, devemos tratá-la um pouco diferente da maneira que a tratamos. Tendemos a tratá-la como uma distração, um entretenimento, algo para a praia.
04:10
Mas é muito mais que isso, é, de fato, terapia. Deveríamos aprender a tratá-la da forma que os médicos tratam os remédios, algo que prescrevemos em resposta a uma variedade de doenças e classificá-la de acordo com os problemas para os quais a literatura é melhor recomendada. A literatura merece seu lugar de prestígio por uma razão acima de todas as outras: porque é uma ferramenta que nos ajuda a viver e a morrer com um pouco mais de sabedoria, bondade e sanidade.

DOWNLOAD SUBTITLES: